O meu luto: Diva Mattos Cattony

Queridos amigos e leitores, se me dão licença, falarei da minha vida pessoal neste post. Há 7 dias perdi a minha avó e grande amiga Diva Mattos de Queiroz Cattony, ser humano especial que se dedicou integralmente à educação e à família. Professora e diretora escolar por mais de 50 anos, vovó recebeu várias homenagens, reconhecimento justo de seu trabalho, dedicação e serviços prestados à comunidade. Gostaria de prestar-lhe mais uma, à minha maneira, propagando os valores que ela sempre me ensinou e que levo como pilares para a vida: o poder da palavra e a importância da amizade.

diva.jpg

escrito.jpg

msn_vovo.jpg

Ah, e graças à internet, quando morei em São Paulo pude conversar sempre com ela em BH e admirar mais vezes seu sorriso doce e olhar encantador. Em uma de nossas conversas pelo msn, dei um print…rs

Não sei se você sofreu ou ainda sofre pela falta de uma pessoa querida, mas de qualquer forma, achei lindo e bastante pertinente o texto abaixo. Abraços a todos!

A Morte não é Nada

“A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho…

Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi.”

Santo Agostinho

Anúncios

32 Respostas para “O meu luto: Diva Mattos Cattony

  1. Grandiosa DONA DIVA. Tive a oportunidade de conviver com essa maravilhosa mulher durante 4,5 anos. Sem dúvida alguma a minha vida mudou muito com os seus ensinamentos e o seu exemplo. Que Deus ilumine a família Cattony.

  2. Graziela B. Magalhães

    A mensagem do Santo Agostinho diz tudo. O exemplo das pessoas especiais é que ficam no coração da gente.
    Muita força a você e sua família.
    Muitos beijos.
    Grá

  3. Cristina Montheiro

    Que texto!!!!!!!!!!!
    Estou sem palavras, só com um bolo aqui na garganta.
    Poderia ser assim mesmo. Deveria ser assim.
    Continuarmos vivendo, com as boas lembranças a preencher o coração.
    Me diga como, quem conseguir…
    Bjs

    E, lindo lindo a arte!

  4. Que bom temos pessoas que se sensibilizam com as transformações da vida. Esta separação há de nos transformar, em seres melhores. Se assim acontecer, mais um VIVA a nossa querida Dona Diva, minha querida mãe!

  5. Fiquei muito triste pela perda, mas ao mesmo tempo fico feliz de ter tido o prazer e a honra de ter conhecido a Dona Diva. Por quase doze anos convivi com essa senhora, dona de um sorriso meigo, sempre com palavras doces e tão querida por todos. Fico feliz também por poder ter dito a ela, por muitas vezes, o quanto a admirava.
    Fica a saudade e a lembrança de uma mulher culta e dedicada à família, muito à frete de seu tempo.
    Bj

  6. Bonita homenagem, Lulu.

    Dona Diva certamente gostaria.

    Paz e serenidade para você e toda a sua família.

    Um grande abraço,

    Luiza

  7. Bernardino Cattony

    Queridos primos e primos. Expresso-me dessa maneira porque não os diferencio em razão de 1º, 2º ou que grau seja. Para mim, somos todos irmãos. Tive o privilégio de antes de qualquer um de vocês conhecer TIA VIDA, digo, tia Diva. Quando a conheci todos vocês ainda não eram nem projetos. Tudo que eu possa falar sobre tão especial pessoa já é por demais conhecido por todos aqueles que lhe foram e são caros, bem como para o estado das Minas Gerais uma vez que agraciada pelo mesmo como CIDADÃ MINEIRA. Falar em perda, em dor proveniente dessa perda é algo que hoje por razões por todos conhecidos sou catedrático. Posso afirmar-lhes que toda essa dor com o tempo será uma saudade gostosa e todos vocês verão, sem muito esforço, que bastará fechar os olhos ou olhar para o lado e ver nossa querida TIA ainda conosco, é o que acontece comigo.

    Um abraço carinhoso a todos vocês,

    Dino e Tê.

  8. Bernardino Cattony

    Bernardino Cattony Says:

    Agosto 29th, 2007 at 7:29 pm
    Queridos primos e primos. Expresso-me dessa maneira porque não os diferencio em razão de 1º, 2º ou que grau seja. Para mim, somos todos irmãos. Tive o privilégio de antes de qualquer um de vocês conhecer TIA VIDA, digo, tia Diva. Quando a conheci todos vocês ainda não eram nem projetos. Tudo que eu possa falar sobre tão especial pessoa já é por demais conhecido por todos aqueles que lhe foram e são caros, bem como para o estado das Minas Gerais uma vez que agraciada pelo mesmo como CIDADÃ MINEIRA. Falar em perda, em dor proveniente dessa perda é algo que hoje por razões por todos conhecidas sou catedrático. Posso afirmar-lhes que toda essa dor com o tempo será uma saudade gostosa e todos vocês verão, sem muito esforço, que bastará fechar os olhos ou olhar para o lado e ver nossa querida TIA ainda conosco, é o que acontece comigo.

    Um abraço carinhoso a todos vocês,

    Dino e Tê.

  9. Toda diva tem um lugar garantido no céu 🙂
    Um beijo para toda a sua família, Lu.

  10. Queridos amigos, muito obrigada pelas manifestações! São demonstrações como essas que nos dão força para seguir em frente! Ah, queria deixar registrado o meu agradecimento especial à Lucinha Horta (http://www.flickr.com/photos/lucinhahorta/) que me ajudou com a criação do santinho. Muito obrigada Lucinha!!!! Beijos a todos, 🙂

  11. Querida Luciana, diz o escritor Rubem Alves que ” tudo que é maravilhoso fica em nossa memória e tudo que fica em nossa memória está destinado à eternidade.”
    Assim será D. Diva eternamente em nossas vidas:

    D oação, dedicação…
    I luminada…
    V ida, deslumbrante…
    A mor…amor…e muito mais.

    Um beijo carinhoso a você e a todos seus familiares.

    Amamos você,

    Carmem e Marinho.

  12. Vou deixar registrado: você anda de pantufa no meu coracão!
    berjocas gigantes!

  13. Elza Mattos de Leão

    Ela foi uma irmã especial. Não me lembro de termos tido divergências em nossa longa caminhada juntas. Na falta de nosso querido pai, foi o anjo bom que ajudou a cuidar de nossa pequena família. A saudade que deixa é enorme mas permanece o mesmo amor e o mesmo carinho que nos uniu. E sua lembrança há de estar para sempre em meu coração!

  14. Tia Diva esteve em minha vida e em meu coração desde sempre, antes mesmo de eu nascer! Foi presença, carinho, amizade e apoio incondicional. Agora é uma doce lembrança e uma grande saudade.
    Guardo em minha memória a beleza e a doçura daqueles olhos azuis e a alegria de saber que ela está agora junto ao Pai nos enviando seu conforto e sua luz. Que descanse em paz na certeza de nosso amor e de nossa eterna admiração.

  15. O que poderia falar eu de uma pessoas que desde que nasci a 52 anos foi sempre alegria!!!
    Tia DIVA uma mulher que sempre emanou a sua luz, carinhosa, querida, alegre e que sempre tinha uma palavra de carinho!!!
    Passei a minha infância indo sempre para BH, onde com seu amor e carinho me acolhia em sua casa!!!
    Disso tudo só restou um GRANDE AMOR, e que com certeza, hoje, ELA, TIO MÁRCIO E MEU PAI, estaram olhando sempre por nós!!!!
    bjssssssssssssss

  16. A Vovó foi sem dúvida uma pessoa muito especial! Sempre dedicada e comprometida com seu trabalho. Ainda me lembro das muitas vezes que e a Denise, o Marcos, a Lulú e eu fomos juntos com ela para o Grupo Lúcio dos Santos passar o dia enquanto ela trabalhava.
    Apesar da imensa saudade, fica a lembrança do doce olhar azul, dos vestidos coloridos tão alegres e dos gestos carinhosos que marcaram as nossas infancias de um jeito muito especial.

  17. Lu,

    não sabia que sua vovó havia ido…

    bom, espero mesmo que esteja bem. qualquer coisa estou por aqui, do outro lado do msn.

    beijos. força.

  18. Mário Lúcio Cardoso

    Fui aluno do Grupo Escolar Lúcio dos Santos na década de 70. Lembro-me com muito carinho da professora e diretora D. Diva. Através da internet tive notícias de seu óbito. Quero deixar uma mensagem de carinho para a família de D. Diva e dizer que fica um exemplo de dignidade e amor.
    Abraços,
    Mário Lúcio Cardoso.

  19. A minha querida e saudosa vó Diva foi e será o grande exemplo para minha vida!
    Guardarei sempre em minha memória todos os nossos momentos de convivência…
    Continuaremos unidos em nome dessa MULHER forte e ao mesmo tempo frágil que nos presenteou com sua presença constante durante todos esses anos…
    Beijos à todos,
    Denise

  20. Lú, você é uma pessoa de sensibilidade admirável e enorme capacidade de se comunicar com uma emoção que mexe com a gente. Você realmente leva na vida os pilares herdados do “poder da palavra” e da importância da amizade”. Com essa natureza que Deus lhe deu, você dá contiuidade ao que a Dona Diva iniciou.

    Dona Diva, mulher de fibra e serenidade que deixou seu legado. Fica a saudade e a certeza de que segue em paz o caminho dela.

    Cristiano

  21. Cris, você como sempre escrevendo coisas lindas e me emocionando…. Acho que vc é neto da Dona Diva…rs… Muito obrigada por tudo! Vc sabe que tem um lugarzinho especial pra vcs no meu coração né? Beijos e muita saúde para toda a família! Com carinho, 🙂

  22. Mais uma vez, muito obrigada pelo carinho de todos.
    Gostaria de agradecer especialmente ao aluno Mário Lúcio Cardoso pois minha família ficou extremamente comovida com suas palavras.
    Mário, se puder deixar o seu e-mail, meus tios gostariam de entrar em contato com vc! Obrigada, abs e muita saúde e paz! 🙂

  23. A dor da perda é muito grande, mas a dor da saudade que sinto de minha mãe não tem tamanho.
    Como escrever algo sobre ela? É difícil. Mãe maravilhosa, avó perfeita, bisa carinhosa. Lagrimas!!!
    Mãe, sinto muito sua falta. Te amo!

  24. Mário Lúcio Cardoso

    À lu Cattony,

    Bom dia!

    Meu e-mail é mariolucio1@oi.com.br

    Aguardo contato de sua família.

    Um grande abraço,

    Mário Lúcio Cardoso.

  25. Querida Luluzinha,
    Hoje passei na porta da casa da sua avó voltando de um churrasco e vi que ela está a venda. De repente caiu a minha ficha e me bateu uma tristeza tão grande.
    Foram 4 anos convivendo com Dona Diva. De repente me sentia neta dela. Um jeito doce de cativar as pessoas naquele olhar tão azul que se misturava aos cabelos tão brancos, tão brancos que chegavam a ser azuis.
    De repente me bateu uma saudade dela. E ao ver a foto que vc colocou aqui me deu mais saudade ainda.
    Dona Diva era sem dúvida uma das pessoas com o coração bom que eu conheci neste mundo. Jamais me esquecerei do seu jeito meigo de cativar as pessoas. Uma perda irreparável para todos nós. Belas palavras as dela. “A distãncia que nos separa não constitui obstáculo à nossa amizade.” Não constituiu antes e não constituírá agora.
    Abraços a todos os parentes de Dona Diva e força a todos vcs.
    Descance em paz Dona Diva, onde quer que esteja espero que possa me perdoar por só ter sabido da sua passagem hoje.

  26. Jeferson Rodrigues Pereira

    Dona Diva, assim era chamada a diretora de nossa escola, ( Grupo Escolar Lucio dos Santos ). Ainda hoje tenho vivas lembranças que o tempo jamais apagara- Dos puxões de orelhas com as mão aveludadas, eram tão bom, que repetiamos os mesmos comportametos, talvez, para ir para na sala da Dona Diva.

    Dias passados, conversando com minha mãe, ela relembrava de minhas travessuara; Dona Diva às vezes a chamava na escola e escondidamente, levava minha mãe ao local que esu estava, somente, para ver as peripecias do Santinho que eu era. Dona Diva Matos Catoni; 46 anos se passaram,mas o tempo não apaga as lembranças de sua bondade e generosidade, que era estendida a todos nos alunos de familias umildes ou não, do auxilio na formação de nosso carater, do exemplo de retidão, das aulas de civismo, de musica.

    Ainda me lembra da musica que ela juntamente com a professora de canto ( Dona Carmem ) cantava. Ó guerreiro da Tábua sagrada… Ó guerreiro da tribo Tupi… falam Deuses e dos cantos do Piaga… Ó guerreiro seus cantos ouvi… Era noite, e a lua já morta… Hayanga, veio chamar, pois na horrivel caverna que habito… louca voz comessou a chamar… era feio medonho e tremendo… ó guerreiro a imagem que vi… falam deuses e dos cantos do Piaga.. Ó guerreiro da tribo Tupi… Era mais ou menos isto. Que o nosso grande arquiteto do universo a tenha.

    Jeferson / BH

  27. Estudei no G.E.L.Santos nos anos 60,e Da Diva sempre estará em minhas lembranças,não só minhas,mas de meu irmão que tambem estudou lá,e de meus pais que até hoje comentam da exelente diretora e sua administração exemplar.Meu pai é primo um pouco distante de Da.Diva,sempre fala nela e de seus parentes mais chegados.Que Deus abençõe esta família,da minha querida Da.Diva,aquela que já avançada em sua época tinha seus cabelos azulados,lindos como um anjo que nos protegia de baixo de suas asas.Bjs a todos familiares e colegas da época inesquecivel.

  28. TIVE O PRAZER DE CONHECE-LA QUANDO ESTUDEI NA E.E LUCIO DOS SANTOS
    ELA SEMPRE SERA UMA PESSOA MUITO ESPECIAL
    Q DEUS IMLUMINE SEMPRE SEU CAMINHO.

  29. Fui estudante do Grupo Escolar Lúcio dos Santos e me lembro da D. Diva com grande admiração e carinho.
    Meus pêsames pela morte da nossa querida D. Diva.

    Célio Pedrosa
    p.s- Gostaria de saber se alguém poderia me informar como contactar D. Ione Querioz, minha professora da quarta-série (Classe de 1976). Devo muito a ela pelos meus méritos acadêmicos.

  30. Ronaldo dos Santos

    Fui aluno no Lúcio dos Santos nos anos de 1966 a 1970 e sempre recordo com muito carinho da então diretora D.Diva e também da professora D. Itália Brasil. Lembro-me muito bem daquela senhora, de uma beleza impar com seus cabelos azulados e uma postura que impressionava. Passaram-se os anos e o destino colocou outra pessoa da família Cattony em minha escalada profissional, o seu filho Luiz Gustavo(cattony)que foi meu chefe no INSS na antiga Inspetoria. Sempre que temos a oportunidade de encontrarmos em confraternizações de fim de ano, reelembramos com muita emoção essa pessoa tão valiosa em nossas vidas. Parabéns pela bela homenagem feita à sua vó.
    Abraços, Ronaldo

  31. Maria Marcia dos Santos

    Fui aluna nos anos 1963 e lendo estas mensagens fico tão emocionada de me lembrar desta diretora maravilhosa, cuidadosa, atenciosa e de todas pessoas maravilhosa que convivi, inclusive tenho muita saudade de minha professora que um dia não voltou mais na escola e ninguem me deu noticias dela , eu a amava e admirava . Se alguem saber o paradeiro dela favor me informar.

  32. Adão gomes de araujo

    Fui aluno do grupo escolar Lúcio dos santos em 1973.
    Ah quanta saudade…Fui aluno de dona Ione Queiroz e dona Gracinda.
    Sempre carreguei comigo os ensinamentos e lições da minha inesquecível dona Diva. ( Fazia visitas frequentes a sua sala ).
    Dona Diva,obrigado por ter feito parte da minha vida e me tornado um ser humano melhor.
    Saudades eternas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s